Engenheiro Alberto Rodrigues de Sá, 266, Centro.

Fazedores de Chuva terminam desafio em São José do Norte

001

Espírito aventureiro, desprendimento, ânsia de conhecer o mundo e desejo de pé na estrada são algumas características dos Fazedores de Chuva, grupo de motociclismo que realizam diversos desafios rodoviários.

Na última semana, dois fazedores de chuva passaram por São José do Norte. Aqui, encerraram uma das etapas do desafio que terminará no Paraguai.

O comerciante, Jorge Luís de Assis Filho (Jorginho), e o funcionário público, Lindberg Gonçalves Lima (Berg), foram desafiados a percorrer a BR 101 e a BR 116. No dia 25 de abril, saiu de Touros, no Rio Grande do Norte, município que é o marco zero da BR 101. Terminaram a primeira etapa em São José do Norte porque é no município que encerra a BR 101. Depois, seguem para o Chuí e Montevideo. Em seguida irão percorrer a Argentina e terminarão o desafio no Paraguai, acreditam que no dia 27 de maio. Devem rodar 14mil quilômetros, aproximadamente.

Em cada viagem conhecem lugares diferentes, culturas, pontos turísticos e pessoas. “O motociclismo tem esse espírito, as nossas almas são inquietas e dá vontade de conhecer o mundo, fazer amizades, pois onde passamos vamos deixando amigos”, disse Lindberg ao explicar que, aonde vão, contam com o apoio dos “irmãos motociclistas”.

Fonte: http://migre.me/tTWJZ