Engenheiro Alberto Rodrigues de Sá, 266, Centro.

O INIMIGO É INVISÍVEL

Os números são realmente alarmantes. Em apenas uma semana São José do Norte contabiliza 11 casos confirmados de coronavírus, entre estes, pacientes em situações mais grave que necessitam utilizar leitos de UTI em cidades do estado para obter o suporte a vida.
Ainda nesta quinta-feira (25), deve-se contabilizar mais casos confirmados, já que no boletim divulgado ontem pela Secretaria Municipal da Saúde do município, foi informado que 106 pacientes estão sendo monitorados por terem sintomas gripais e tiveram ou podem ter tido contato com alguém infectado.
Existe uma grande possibilidade de nos próximos dias, São José do Norte e tão amada Mui Heroica Vila, registrar um número expressivo de casos confirmados, o que deixa todos apreensivos, preocupados e sensibilizados com pacientes e familiares dos infectados.
Já era de se esperar. Embora tenha demorado para confirmar casos positivos de covid-19 na cidade, com as atividades funcionando a todo vapor, um caos enorme na travessia de passageiros entre São José do Norte e Rio Grande com diversas aglomerações, inevitavelmente registramos o 1º caso confirmado no dia 17 de Junho de 2020.

A comunidade agora, assustada com o cenário, pede incansavelmente que seja divulgado dados simples dos infectados, como idade, bairro, possível local de infecção etc, sendo que dados objetivos, como o nome, não pode ser divulgados (amparado por lei) até mesmo para preservar os pacientes.
Imploram também soluções no sistema de travessia aquaviário de passageiros, onde muitos precisam utilizar para trabalhar, mas muitos se aproveitam e utilizam para passeio até a cidade vizinha.

É uma pandemia que assola o mundo inteiro.
Cabe sim a cada um fazer a sua parte, o que teria amenizado muito tudo isto se todos tivessem feito, seguindo os protocolos de proteção.
Não faltou avisos, em qualquer canal de televisão ou rede social é possível visualizar o que vem acontecendo no Brasil e em outros países.
Porque não aconteceria aqui? Somos privilegiados?

Tudo isso lembra um fato bíblico que todos conhecem, que é o da Arca de Noé. Embora todos tenham sido alertados sobre um dilúvio, no entanto só caíram em si quando o mesmo aconteceu e então já era tarde demais, a arca havia se fechado.

Reclamar, apontar culpados e ser oportunista em rede social e grupos é fácil, difícil é ser solidário. Difícil é se sensibilizar com a situação e procurar uma forma de ajudar sem precisar sair de casa.
Nem toda ajuda precisa ser escancarada, afinal de contas “o que uma mão faz a outra não precisa saber”, embora as vezes isso motive outros a ajudar também.

Alguns pontos de comércio e atividades da cidade tomaram por conta própria a iniciativa de fechar e paralisar suas atividades temporariamente, zelando pela vida, mesmo sem ainda ter sido publicado um decreto oficializando o fechamento. Claro que nem todos podem fazer isso, e não podem e nem devem ser julgados, mas os que podem colaborar que o faça!

Deixem o oportunismo e a politicagem de lado, faça cada um a sua parte. O cenário ainda é de piora, então cuidem-se e cuidem do seu próximo.
Cumpra os protocolos e se alguém não estiver cumprindo, denuncie através do 153.
Lavem bem as mãos, usem álcool gel, utilizem máscaras ao sair e saia somente para o extremamente necessário, tomando todo o cuidado. Lembre-se que o inimigo é invisível.

Segundo nos informou a Assessoria de Imprensa do município através do seu whatsapp, a expectativa é de que o novo decreto seja publicado ainda hoje.

Se tiver sintomas gripais ou suspeitos, ou souber alguém que tenha, informe imediatamente a SMS através do telefone 53 3238.4500 que também pode ser utilizado através do whatsapp.

CUIDEM-SE!
A LUTA É DE TODOS!
SE POSSÍVEL, FIQUE EM CASA!

#sjnvirtual #saojosedonortevirtual #saojosedonorte #covid19 #informacao #noticia #coronavirus #pandemia

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: